KIT JC
1. sacola de lona impermeável na qual fica acondicionada a ferramenta.
2. coletor superior (invólucro) de lona sintética impermeável.
3. cordão de alça com garra de jacaré para instalar o coletor nos aparelhos hi-wall de todos os tamanhos.
4. mangueira de dois metros.
5. reservatório do tipo bombona para a captação de resíduos.
6. bomba manual com
3,3 metros de mangueira.
7. reservatório (bombona) de água.
8. reservatório (bombona) de detergente.
9. reservatório de bactericida.
 



O Equipamento para Limpeza e Higienização de Ar-condicionado (Kit JC) é uma ferramenta inovadora
para a limpeza e a higienização de um tipo específico de aparelho de ar-condicionado, o Split Hi-Wall.
Essa nova ferramenta permite a limpeza e a higienização de aparelhos Split Hi-Wall sem que eles precisem
ser desmontados. Neste manual, que é parte integrante do KIT JC, o usuário terá orientações de como utilizá-lo
dentro dos padrões técnicos ideais e segundo as normas vigentes na legislação brasileira.



 



O Equipamento para Limpeza e Higienização de Ar-condicionado do Tipo Hi-Wall (Kit JC) é composto por um corpo principal (1) formado por uma sacola de lona impermeável na qual fica acondicionada a ferramenta. O kit é constituído por um coletor superior (invólucro) de lona sintética impermeável (2), cuja função é envolver todo o aparelho de ar-condicionado. Na parte superior do coletor, há um cordão de alça com garra de jacaré para instalar o coletor nos aparelhos hi-wall de todos os tamanhos (3), de maneira prática e rápida. Na parte inferior, (4), há uma mangueira de dois metros conectada a um reservatório do tipo bombona (5) para a captação de resíduos. A limpeza é efetuada através de uma bomba manual com 3,3 metros de mangueira (6), que é conectada ora em um reservatório (bombona) de água (7), ora em um reservatório (bombona) de detergente (8), ou, ainda, a um reservatório de bactericida (9).



 



Baixe um manual completo de orientações tecnicas de utilização do KIT JC
Como ele foi desenvolvido e quem o criou?

Desde que começou a exercer sua profissão, há mais de 30 anos, o mecânico de ar-condicionado José Heleno Barboza da Silva tinha um projeto em mente. Conhecedor dos problemas enfrentados pelos técnicos que atuam no ramo, José Heleno sempre desejou criar mecanismos para que o trabalho dos colegas fosse menos oneroso e desgastante. Ele conseguiu esse objetivo quando registrou a patente do KIT JC no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). A invenção permite prolongar o tempo de vida útil dos aparelhos, além de otimizar o trabalho dos prestadoras de serviço de manutenção de ar-condicionado, que acabam lucrando duas vezes: fazem um trabalho eficiente em menor tempo e reduzem custos de mão de obra.

Vantagens para os prestadores de serviços.

• Melhoria na qualidade do atendimento;
• Faz a limpeza e a higienização de maneira mais ágil, sem transtornos e sem desconforto para os clientes;
• Aumenta a produtividade na manutenção preventiva. Com a redução dos custos de mão de obra envolvidos na manutenção dos aparelhos, que não precisam mais ser desmontados, os prestadores de serviço ganham maior capacidade de captação de novos clientes (escala) e, portanto, podem expandir seu negócio.

Vantagens para os tomadores de serviços (contratantes).

• Baixo consumo de energia
• Baixo consumo de água
• Não libera gás freon no ambiente externo
• Evita a remoção e o transporte do equipamento de ar-condicionado para outro local
• Aumenta o tempo de vida útil do equipamento instalado, uma vez que evita avarias decorrentes da remoção e do transporte.

Legislação brasileira exige controle de ambientes climatizados.

Manutenção periódica e controle de ambientes (Portaria nº 3.523/1998 da Vigilância Sanitária) O KIT JC é uma ferramenta que ajuda os prestadores de serviço de manutenção preventiva de ar-condicionado a se adequarem à legislação brasileira de controle de ambientes climatizados. Desde 1998, após a publicação da Portaria nº 3.523 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, os órgãos públicos têm intensificado a fiscalização dos usuários de aparelhos de ar-condicionado em ambiente coletivo ou público. Essa lei inaugurou a nova fase de controle, ao aprovar o Regulamento Técnico do Ministério da Saúde que contém medidas básicas referentes aos procedimentos de limpeza, remoção de resíduos por métodos físicos e manutenção da eficiência dos componentes dos sistemas de climatização.

O artigo 5º da norma exige que todos os sistemas de climatização devem estar em condições adequadas de limpeza, manutenção, operação e controle, visando evitar a difusão e a multiplicação de agentes nocivos à saúde humana. Todo usuário de ar-condicionado em ambiente público ou coletivo deve se ajustar ao Regulamento Técnico criado pela Portaria nº 3.523, pois está obrigado por lei a manter a boa qualidade do ar interno dos ambientes. Parâmetros para higienização e controle de ambientes (Resolução RE nº 9/2003).

Em janeiro de 2003, a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária publicou a Resolução RE nº 9, na qual o Ministério da Saúde determina quais são os padrões referenciais de qualidade do ar interior em ambientes climatizados artificialmente de uso público e coletivo. Nessa lei, o Ministério da Saúde prevê, por exemplo, que são considerados ambientes aceitáveis aqueles que estão livres de agentes contaminantes em concentrações perigosas à saúde e nos quais pelo menos 80% dos ocupantes não apresentem queixas ou sintomas de desconforto. O KIT JC permite que os prestadores de serviço sigam esses padrões referenciais exigidos pela Resolução RE nº 9 e, portanto, cumpram seu papel de manutenção da qualidade do ar ambiente interior nas instalações públicas ou coletivas dos sistemas de climatização artificial.





FOTOS



           



1
O coletor deve ser acoplado ao aparelho de ar-condicionado, de modo a envolver todos os seus componentes do aparelho de ar condicionado Split.
2
A aplicação dos diversos líquidos higienizadores será feita sucessivamente sem que o aparelho de ar-condicionado precise ser desmontado. Primeiro, coloca-se a mangueira no reservatório de água limpa, para injetá-la na retirada das impurezas mais sólidas e para preparar o recebimento de outros líquidos higienizadores.
3
Os líquidos higienizadores são injetados no interior do Split Hi-Wall por uma bomba manual com bico pulverizador regulável. O usuário deve controlar a intensidade e o volume de água a ser aplicada no aparelho de acordo com o grau de contaminação do aparelho Atenção: o usuário deve ficar atento à intensidade do jato de água que deve ser direcionado ao aparelho. Ele deve ajustar a pulverização do bico injetor de acordo com a área a ser higienizada. Por exemplo, quando direcionar o jato para as aletas defletoras, deve manter o fluxo em baixa pressão e mais pulverizado possível, para aumentar a abrangência da limpeza e evitar o respingo para fora do coletor.
4
Em seguida, instala-se a mangueira no reservatório de detergente. Neste momento, o técnico deve calcular a quantidade apropriada de líquido a ser injetado.
5
A mangueira deve ser reinstalada novamente no reservatório de água limpa, para fazer a remoção definitiva das impurezas.
6
Repete-se a operação, instalando a mangueira no reservatório onde está acondicionado o bactericida, que também será injetado no interior do aparelho pela bomba manual Atenção: Recomendamos que a aplicação do bactericida seja feita após a instalação da carenagem frontal do aparelho de ar-condicionado.
7
As impurezas eliminadas pelo sistema de drenagem serão acondicionadas no quarto galão (bombona), cujo conteúdo deve ser despejado em um reservatório apropriado, sem riscos à saúde dos ocupantes do ambiente.
8
Após constatado que o aparelho foi devidamente higienizado e está pronto para ser reutilizado sem riscos à saúde dos ocupantes do ambiente, o técnico deve desinstalar o coletor superior, certificando-se de que não há mais resíduo em seu interior e na mangueira. Atenção: recomendamos que antes da retirada do invólucro, a mangueira seja erguida, para que o restante de líquido acumulado seja drenado para o reservatório de resíduos (bombona).
9
Após sua utilização, todos os componentes do KIT JC devem ser limpos e acondicionados na sacola de lona sintética.






Os pedidos podem ser feitos pelo site www.tecnoarcondicionado.com.br, ou pelo telefone (11) 2235-6761.

Ao adquirir o Kit JC, o usuário tem algum tipo de garantia e assistência técnica?
Todas as eventuais inconformidades provocadas por falha na fabricação da ferramenta serão cobertas pelas garantias previstas
pela legislação brasileira.




Entre em contato conosco pelo telefone (11) 2235-6761.

Ou envie-nos uma mensgem pelo formulário abaixo.